Foto de antigos estudantes

Antigos estudantes da UEM chamados a contribuir para o crescimento da instituição

 

Na Primeira Gala Alumni da Universidade Eduardo Mondlane, realizada ontem (03 de Maio), em Maputo, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, apelou aos antigos estudantes graduados em diversos cursos e níveis nesta instituição, a dar o seu contributo para o bem-estar e futuros desenvolvimentos da UEM nas diferentes facetas que esse apoio pode tomar, para a garantia da qualidade de educação a ser assegurada através de manutenção e aprimoramento do ensino alicerçado na investigação.

Orlando Quilambo, que é igualmente antigo estudante desta instituição, fez saber que a contribuição com recursos materiais ou com ideias inovadoras vai apoiar os processos de ensino-aprendizagem, investigação e extensão de qualidade e visionária através de investimento directo na melhoria da infra-estrutura universitária, apoio financeiro aos estudantes necessitados e incremento das actividades académicas, administrativas e extracurriculares que apoiam o crescimento integral dos estudantes.

Fez saber que os Alumni e toda a comunidade de graduados da UEM, podem contribuir para o crescimento desta instituição, através de doações para o Fundo Alumni; patrocínio aos estudantes; estágios e/ou oportunidades de emprego para estudantes; troca de experiência de trabalho em workshops, seminários e networks de oportunidades, bem como a disponibilização de bens e serviços que podem contribuir para a melhoria das condições de ensino-aprendizagem, investigação e extensão.

“Os nossos Alumni são o nosso mais precioso produto e parceiro! Por favor, ajudem-nos a impulsionar ainda mais o impacto desta formidável instituição de espírito pioneiro e legado de transformação e inovação”, evocou Quilambo.

No que diz respeito aos desafios, o Reitor da UEM, fez saber que através do desenvolvimento de iniciativas empreendedoras associadas à extensão comunitária e ao sector produtivo, bem como, à aplicação dos resultados de investigação para a geração de renda, a Universidade vai redefinir o seu papel transformador na sociedade e de forma simbiótica contribuir para o desenvolvimento das comunidades, simultaneamente, impulsionando os recursos financeiros da instituição.

“A UEM tem desenvolvido um árduo trabalho para garantir fundos para a implementação da Estratégia de Financiamento do Ensino superior assente no desempenho e na capacidade de mobilização de fundos competitivos para o ensino, aprendizagem, pesquisa e extensão”, disse, acrescentando que embora a UEM já faça, ela tem a necessidade de fazer muito mais no concernente às pessoas, programas, plataformas e parcerias para se manter relevante na moderna economia de conhecimento com tecnologias e capacidades em constante mudança.

A Primeira Gala Alumni representou um importante passo no fortalecimento da relação entre a UEM e os seus graduados e realiza-se numa altura em que a UEM acaba de aprovar o seu Plano Estratégico para o período 2018-2028, que ilustra as formas de resposta aos desafios a que esta instituição se propõe para a consolidação do seu desiderato de se tornar numa Universidade de Investigação.

A iniciativa Alumni foi lancada a 22 de Agosto de 2014 ganhando forma através da Comunidade Alumni da UEM, e objectiva estabelecer uma conexão permanente entre esta instituição do ensino e os seus graduados, para a troca de experiências, de memórias estudantis e profissionais e cooperação mútua.

Desde a sua fundação, em 1962, a UEM graduou mais de 29.391 estudantes, sendo 28.463 nos níveis de Bacharelato e Licenciatura; 911 de Mestrado e 17 no nível de Doutoramento.